Igreja Batista Central de Fortaleza


Amar a Deus, amar uns aos outros e proclamar Jesus


Deus deseja que você cresça espiritualmente, tornando-se cada vez mais parecido com Jesus. Crescer espiritualmente é um processo que começa quando nos tornamos discípulos de Jesus e continua a vida inteira.

Amar a Deus é o primeiro passo do desenvolvimento de um discípulo.

O Segundo passo é Amar uns aos outros. Jesus nos desafia amar as pessoas afirmando que seremos reconhecidos na medida que amarmos uns aos outros (João 13:34-35).
A forma como nos relacionamos com amigos, familiares e irmãos de fé precisa refletir o amor que temos recebido de Cristo. Se entendemos e estamos cheios do amor de Deus, esse amor precisa ser manifesto aos outros. Isso é uma decisão e treino diario que começa na aceitação de quem o outro é, mesmo que seja muito diferente de mim.

A manifestação do amor ao outro deve ser praticada no cumprimento dos chamados mandamentos recíprocos (uns aos outros). Veja alguns:

Na IBC somos convidados a participar regularmente dos momentos de Grupo de Relacionamentos (de casa em casa) onde recebemos e oferecemos apoio e cuidado pastoral. No ambiente do PG acontecem as mudanças mais profundas e duradouras.

 

MÉTODO DE APRENDIZAGEM UTILIZADO NO GRUPO

O MAPA é uma metodologia simples que aplicada à vida de cada discípulo ajuda no relacionamento com Deus e no engajamento constante com a missão (Rm 12:1-2). O MAPA também é a dinâmica básica para funcionamento do Grupo de Líderes e o importante valor da prestação de contas.
O MAPA tem quatro etapas: Meditar, Abrir, Planejar e Avaliar. A constante e diligente Meditação na Palavra de Deus, seguida da Abertura que partilha o aprendizado com um parceiro de prestação de contas ou Grupo de Relacionamento, propicia um Planejamento que declina quais ações precisam ser tomadas para melhor se conformar à imagem de Cristo. Por fim, o discípulo procura o parceiro de prestação de contas para intencionalmente se submeter a uma Avaliaçãodo plano estabelecido.
Desta forma, na medida que o discípulo caminha na linha da Vida (Chronos=período de tempo), é capaz de compreender nos momentos pontuais da vida (Kairós=momento no tempo), o que Deus está ensinando e como deve reagir em tal situação.