EU SEI, MAS NÃO DEVIA ME ALIMENTAR DE PORNOGRAFIA!

Estamos rapidamente nos tornando uma sociedade pornográfica. Imagens explicitamente sexuais estão presentes em todos os aspectos da vida e lugares, desde nos anúncios comerciais, filmes, séries, novelas, música, shows de humor e, principalmente, na internet. O mundo virtual permite acesso instantâneo a uma grande quantidade e inumeráveis formas de pornografia. E o consumo de pornografia que era, até pouco tempo atrás, quase que exclusivamente feito por homens adultos, hoje tem crescido significativamente entre os jovens, mulheres, adolescentes e até crianças pela facilidade com que usam equipamentos que dão acesso à internet, curiosidade e falta de cuidado dos pais.

Mas por que a pornografia é tão poderosa? Porque promete mais sexo, melhor sexo, infinito sexo, sexo conforme os desejos, prazer intenso na hora em que o usuário quer e sem depender de ninguém.

Possui tremenda capacidade de estimular a produção da dopamina, substância química que age no do cérebro e é responsável pela sensação de prazer. Alguns consideram que a liberação dessa substância no ato sexual é maior que a proporcionada por drogas como cocaína e crack. E, ainda, acontece com a pornografia o que acontece com as drogas, cada vez mais é preciso aumentar a dose para obter a mesma quantidade de prazer. Este mecanismo leva a pessoa viciada em pornografia ao submundo do conteúdo pornográfico.
A química do cérebro é, porém, apenas parte da explicação para o problema.

Existem outros fatores que devem ser considerados no vício da pornografia. Entre eles, a sociedade contemporânea e seus valores e crenças distorcidas sobre sexo, prazer, amor e relacionamentos. A busca egoísta da própria felicidade e prazer reduzida à satisfação do desejo, faz com que as relações deixem de ser afetivas e haja uma troca do amor pelo sexo e cada qual olha para o outro como um objeto de prazer. A pessoa acostumada ao uso da pornografia acaba pouco a pouco estabelecerndo relações não saudáveis com outras pessoas.

A conduta moral pode ser deixada de lado quando se conta com a segurança do isolamento e a facilidade da autossatisfação, sem precisar estabelecer relacionamentos com outras pessoas. Pode-se, ainda, esconder o comportamento disfuncional, citando a causa biológica como meio de evitar responsabilidade moral.

Nem a espiritualidade humana escapa dos malefícios da pornografia. O impulso para obter intimidade sexual foi dado por Deus e é essencial para o ser humanos, mas é facilmente mal direcionado.  Somos  tentados a buscar “um atalho para o prazer sexual por meio da pornografia” e hoje é possível  acessar esse atalho com facilidade.

Num mundo caído, a pornografia se torna mais do que uma distração e uma distorção da intenção de Deus para a sexualidade humana. Torna-se um veneno viciador e que, ainda, rouba de Deus a glória da criação da sexualidade para ser vivida de forma prazerosa pelo ser humano.

Esta semana nas programações do Celebrando Restauração, palestra gratuita e aberta ao público.

Confira os endereços abaixo:

CR PEDRAS
Toda segunda-feira, das 19:30 as 21:30 horas
Local: Tenda da Igreja Batista Central
Rua do Cruzeiro, 401 – entroncamento do anel viário e BR 116
Bairro: Pedras

Toda sexta feira, das 19:30 as 21:30 horas
Local: Colégio Kerigma
Rua Professor Francisco Gonçalves,225 – por trás da Distrivídeo da Av. Antonio Sales
Bairro: Dionísio Torres

Mais informações através:
Fone: (85) 3444-3635 / 99745.3924
E-mail:[email protected]

Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *