SETEMBRO AMARELO

A vida é uma dádiva
Um presente dado, um cuidado acrescentado
E por se tratar de algo bom
Não vale a pena abrir mão desse dom.
Ninguém quer perdê-la
Ninguém quer morrer
O que muita gente quer é acabar com o que faz doer
É delicado saber a causa
Insensato julgar
É preciso aprender a respeitar
E jamais ignorar
Setembro amarelo é um alerta
Estimulando a prevenção
A cor viva, atiça a alegria
E o exercício da empatia
Que nos desperta pra esperança
De mudar aquilo que traz a lembrança
Àquilo que causa dor
Que não é drama ou frescura
Tampouco pra chamar a atenção
Mas algo que dói ao ponto de não ter uma explicação
Falar é a melhor solução!

Por | Aline Xavier
Esta entrada foi publicada em Artigos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *