COMO LIDAR COM A ANGÚSTIA DA CRISE EXISTENCIAL?

        Quem sou eu? Qual o sentido da vida? Qual é a razão da minha existência? Qual é o meu propósito de vida?
         Em algum momento ou outro da vida, a maior parte das pessoas se faz essas perguntas. E, muitas vezes, a busca a essas respostas gera ansiedade, angústia e até uma crise existencial, com consequências desastrosas para o futuro da pessoa. Mas, a crise existencial, pode ser uma grande e benéfica oportunidade para o nosso amadurecimento e autoconhecimento.
O ser humano é um ser bio-psico-socio-espiritual/existencial. Então, mesmo que a pessoa não seja religiosa e praticante de uma doutrina de fé (catolicismo, protestantismo, islamismo, espiritismo, budismo, etc), sente-se movida a considerar questões acima das circunstâncias do cotidiano, num outro nível da consciência humana. Questões, ditas existenciais, como: moral, ética, significado da vida, propósito, legado, imortalidade, eternidade.
Então, o alívio do mal estar da angústia existencial está em transcender as questões humanas básicas relacionadas à mera sobrevivência, bem como o individualismo e egocentrismo que mantém o foco no nosso próprio eu para vivenciar uma existência mais altruísta, voltada para valores relacionados ao bem estar social, cidadania, justiça social, defesa de direitos de minorias excluídas e marginalizadas.
Tenho visto as pessoas tornarem-se frequentemente neuróticas quando se contentam com respostas erradas ou inadequadas para as questões da vida. Elas buscam posição, casamento, reputação, sucesso externo ou dinheiro, e continuam infelizes e neuróticas mesmo depois de terem alcançado aquilo que tinham buscado. Essas pessoas encontram-se em geral confinadas a horizontes espirituais muito limitados. Sua vida não tem conteúdo ou significado suficiente. Se tem condições para ampliar e desenvolver personalidades mais abrangentes sua neurose costuma desaparecer.” C. G. Jung

Três dicas para superar uma crise existencial:

1. Tenha uma CAUSA para lutar.
Aquilo pelo qual se faz algo; o que move a agir em prol de algo.

“Qual o valor de viver, se não for lutar por causas nobres e tornar este mundo confuso um lugar melhor para aqueles que viverão nele depois de termos partido? De que outra forma podemos nos colocar em uma relação harmoniosa com as grandes verdades e consolações do infinito e do eterno? E eu confesso minha fé de que estamos marchando em direção a dias melhores. A humanidade não será abatida. Estamos prosseguindo, oscilando bravamente para a frente, ao longo da grande estrada, e já atrás das montanhas distantes está a promessa do sol “. Winston Churchill

2. Tenha um PROPÓSITO para realizar
O propósito de vida é o que orienta nossa trajetória existencial, dando sentido a nossa vida e nos ajudando a alcançar uma existência plena.

“Se quiser ter uma vida plena, prenda-a a um objetivo, não às pessoas nem às coisas.” Albert Einstein

3. Tenha um LEGADO a deixar
Legado é algo transmitido não como herança e transmitido às gerações vindouras.

“Se suas ações criam um legado que inspira outros a sonharem mais, aprenderem mais, fazerem mais e tornarem-se mais, então, você é um excelente líder.” Dolly Parton

 

Esta entrada foi publicada em Artigos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *