BURACO NEGRO

O renomado físico britânico Stephen Hawking afirmou, em coletiva na Suécia, que os buracos negros são caminhos para um universo paralelo e que objetos que eventualmente “caiam” em um buraco negro podem ficar guardados nos limites dele, em uma região nomeada como “horizonte de eventos”. Lendo a notícia, ocorreu-me a ideia de que o ser humano teria em sua alma um “buraco negro” onde “caem” as lembranças de experiências traumáticas e dolorosas, sentimentos e pensamentos que não ousamos expressar, pessoas associadas a amarguras e ressentimentos, medos irracionais que nos assombram, falas inaudíveis, frustrações e decepções que destroem nosso amor próprio. Tudo guardado no “horizonte de eventos”, nosso eu mais profundo. No buraco negro da alma há um “universo paralelo” onde há vida: tristeza, choro, dor, ciúmes possessivo, inveja, sentimentos deburaco negro3 rejeição, ódio, pensamentos de vingança, autodesvalorização, falta de propósito e significado, ansiedade e angústias. Ainda, segundo Hawking, há saída caso se caia em um buraco negro, se ele for bastante grande e estiver girando. Assim, do buraco negro de nossa alma, se for grande e intenso, poderá sair um “eu” afligido por depressão, vícios, compulsões, comportamento violento, distúrbios emocionais e mentais, deixando de citar tantas outras fraquezas de caráter que prejudicam ou até inviabilizam o indivíduo de viver uma vida saudável emocional e socialmente. Porém, há uma afirmação do cientista sobre o buraco negro que aplicada ao ser humano, não teria paralelo. Ele diz que ao se entrar em um buraco negro, não se poderia retornar ao nosso universo. Muitas pessoas, eu sou uma, conheço muitas outras e você com certeza também conhece ou até mesmo pode ser alguém que conseguiu sair do tenebroso “universo paralelo” de uma alma aflita e hoje vive uma vida significativa por crer no poder de Deus. Jesus é a luz do mundo (João 8:12), crendo nesta verdade posso dizer como o salmista o disse: Mesmo que eu diga que as trevas me encobrirão, e que a luz se tornará noite ao meu redor, verei que nem as trevas são escuras para ti. A noite brilhará como o dia, pois para ti as trevas são luz. (Salmo 139:11-12)

Esta entrada foi publicada em Noticias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *