SÍNDROME DO ‘SEMPRE LIGADO’

Assim que acorda, mesmo de férias ou em feriados e domingos, você checa os e-mails do trabalho, ou fica preocupado se o hotel não tiver um bom wi-fi ou se seu celular ficar sem sinal?

ligadoEsses são típicos indícios de que você pode estar com a síndrome do “sempre ligado”, ou vício por smartphone. Para alguns, os aparelhos os liberam da rotina rígida do escritório, proporcionando flexibilidade e autonomia. Para outros, no entanto, os transformam em escravos, impedindo que se desconectem do trabalho.

A mente nunca descansa, impossibilitando ao corpo o tempo para se recuperar, o que deixa o indivíduo sempre estressado, comprometendo sua saúde física e mental.

Hoje em dia, há mais estresse no ambiente de trabalho porque as pessoas estão tendo de assimilar uma quantidade maior de informações e é difícil gerenciar tudo. Torna-se mais difícil tomar decisões, e muitos perdem produtividade por estarem sobrecarregados.

Uma pesquisa da empresa de TI SolarWinds, diz que mais da metade dos trabalhadores entrevistados sente que é esperado que eles trabalhem mais rápido e cumpram prazos menores por estarem mais conectados. Quase a metade deles acha que seus empregadores esperam que eles estejam disponíveis a qualquer hora ou lugar.

Num saguão de aeroporto, bastam alguns minutos de observação para identificarmos diversas pessoas com fisionomias tensas e exaustas porque viajam conectadas ao trabalho o tempo todo, independentemente do fuso horário em que estejam e mesmo que estejam viajando a passeio.

Pesquisas inglesas indicam que os britânicos passam até 11 horas diárias consumindo mídias; e o Brasil tem um dos maiores índices globais de uso diário de smartphones (cerca de uma hora e meia).

As mulheres causam preocupação em especial: muitas passam o dia trabalhando, voltam para casa para cuidar dos filhos e ainda fazem uma jornada extra no computador antes de dormir.

Algumas empresas percebendo que não é muito fácil manter esse equilíbrio entre vida pessoal e profissional, desenvolveram mecanismos de ajuda para seus funcionários.

A montadora alemã Daimler, por exemplo, recentemente passou a oferecer um “apagador” automático de e-mails para funcionários em férias, reconhecendo que muitos têm dificuldade em se desligar do trabalho.

Dica: se você vai sair de férias, ative os alertas que avisarão que você estará “fora do escritório”, lembre-se de desligar seu telefone e mantê-lo longe do alcance quando for dormir. E lembre-se de que raramente você é a única pessoa capaz de resolver um problema no escritório.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/celular/vicio-em-smartphones-gera-sindrome-do-sempre-ligado,3f2841c0731e7410VgnCLD200000b1bf46d0RCRD.html

Esta entrada foi publicada em Noticias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *