O CHORO PODE DURA UMA NOITE, MAS A ALEGRIA VEM PELA MANHÃ| por Gleici Nobre

“O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.”
Salmos 30:5b

Durante minha vida, venho carregando marcas profundas de feridas que os outros fizeram em mim, mas também as que abri tentando ignorá-las; acreditava que se não pensasse nelas, se as ignorasse isso faria com que doessem menos ou simplesmente elas deixariam de existir. Hoje sei que isso tem nome: NEGAÇÃO.

Enquanto achava que ignorar as dores era suficiente para viver desenvolvi a prática nada saudável de ignorar as emoções; de não chorar nem lamentar as perdas por acreditar que tal situação não seria revertida. Racionalizei tanto os sentimentos que parei de senti-los e acabei não prevendo que, uma hora ou outra, um maremoto devastador aconteceria.

Sempre tive dificuldade de viver meus sentimentos e emoções, não conseguia enxergar que os reprimia. Até que resolvi passar por um processo doloroso de autoconhecimento, num programa onde aprendi a praticar os 12 passos (o mesmo aplicado no AA e NA) e, enquanto escrevia um minucioso e destemido inventário moral (4º passo) percebi o que estava fazendo comigo mesma ao renegar minhas emoções e decidi não continuar fazendo isso. Aí o negócio complicou, porque estava diante de um tsunami de emoções sem ter a mínima idéia do que fazer com elas.

Sofri demais, fiquei confusa, desesperada, angustiada, ansiosa; passei por problemas de insônia, pesadelos e muita confusão até entender o que Deus estava querendo me dizer com esse versículo tão falado nos dias de hoje. Demorei a entender que Ele estava me dizendo: “Filha, tudo bem chorar a noite inteira, seu pranto pode durar a noite toda; então chore, chore bastante; e, ao amanhecer, siga firme em frente! Seja a pilastra que você sabe ser.”

Hoje eu sei, de verdade, que chorar a noite inteira é essencial para seguir em frente, que é saudável sofrer as perdas e decepções para poder seguir adiante. Não posso recomeçar um caminho sem deixar o outro para trás. Hoje eu sei que cada escolha que eu faço vem acompanhada de uma renúncia e que preciso celebrar por uma e chorar pela outra; preciso ser leal a mim mesma e respeitar os meus limites.

Hoje entendo que a passagem bíblica que diz que “quando sou fraca é que sou forte” (2Co 12:9) significa que a dor me ensina muito mais do que a gemer ela me ensina a viver. Sei que os sofrimentos leves e momentâneos produzirão em mim uma glória que é eterna (2Co 4:17); que as dificuldades e as dores são necessárias, para que através da minha vida a Glória de Deus aconteça e, de verdade, acredito que, se um dia não estiver passando por dificuldades é porque minha conexão com o Céu estaria falhando; que teria deixado de incomodar ao mundo e passado a fazer parte dele. As aflições fazem parte dos planos de Deus para que nos aproximemos mais e mais Dele e para que não sejamos complacentes com as coisas erradas.

Minha oração é para sejamos gratos pelas conquistas, mas que sejamos capazes de glorificar a Deus pelas provas; pois é por meio delas que a Sua glória é manifestada na terra.

Por Gleici Nobre

 

Esta entrada foi publicada em Artigos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para O CHORO PODE DURA UMA NOITE, MAS A ALEGRIA VEM PELA MANHÃ| por Gleici Nobre

  1. marilia disse:

    boa noite.
    Paz.
    Preciso saber qual tel consigo falar com vcs.
    Att.Marilia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *