ENCONTRE-SE E LIBERTE-SE!| Por Aline Xavier

Quantas vezes você de sacrificou para obter a atenção de alguém?

Quanto dinheiro você desperdiçou comprando roupas, sapatos, acessórios, celular caros, acima da sua condição financeira, só para não ficar por baixo e se sentir dentro do padrão dos seus “amigos” bem-sucedidos.

Quantas vezes você se endividou, entrou no cheque especial, estou os limites dos cartões de crédito, para frequentar restaurantes caros, boates, shows, micaretas, só para estar em evidência e rodeado de pessoas bonitas, importantes e que elevavam seu “status” a potência máxima, com fotos tratadas com os melhores filtros do seu “Iphone”, exalando ostentação, para chamar a atenção dos seus seguidores, que ao acessarem sua “timeline” curtam e comentem a vida “life style”. Embora, eles não tenham ideia do martírio que você passa além da tela.

Sem falar nas noites em claro que você passou ou ainda passa, questionando, procurando explicação para todas essas atitudes vazias que você toma, e que não resultam em nada além de dor e muito sofrimento.

No entanto, mesmo chorando, com dores no corpo, na alma, cabeça a mil por hora, no dia seguinte você mal acorda, já acessa as suas redes sociais e se contamina novamente com postagens ilusórias, que estimulam às comparações e consequentemente às frustrações, caso você não consiga alcançar aquele padrão, fazer aquela viagem, ter um relacionamento daquele, e por aí vai…

Tudo isso é tóxico, alimenta sentimentos ruins, negativos, malditos, que causam dores profundas, julgamento, sentimento de inferioridade, despertando a sensação de vazio da existência.

No final das contas, para que tudo isso?

Para ser aceito?

Aceito como, se você mesmo não se aceita, não se conhece?!

À medida que, você compreende que o princípio é amar a si mesmo, antes de amar ao próximo, entende que não há nada que você faça ou adquira materialmente, fará com que você seja valorizado na íntegra, ao ponto de que, na ausência do material, você permaneça admirado e respeitado pelas pessoas, pelo que você é, simplesmente!

Conhecer a si mesmo permite que você descubra suas qualidades, capacidades, bem como os pontos que você precisa melhorar, causando-lhe bem-estar.

Para tanto é preciso se esforçar, para entender a si mesmo em todos os aspectos.

A partir dessa premissa, você assume o controle das suas emoções e passa a viver com mais leveza, com verdade, simplicidade, clareza, não se apegando à aparência, ao palpável, literal, soberbo, como alguém sem rumo, direcionado pelo vento e rumo ao precipício do seu devaneio.

É benéfico também conhecer os medos, angústias, para combatê-los e controla-los em situações adversas.

A humanidade, no geral, está doente e quem quiser alcançar a sanidade, tem que aprender a viver um dia de cada vez, de forma que você não fica apático diante das feridas e cicatrizes da existência humana. Recuperando-se e seguindo adiante, conforme o seu tempo, sem julgamentos, criando novas formas de vida e de estar no mundo com um propósito.

O caminho para a liberdade é o amor próprio. Encontra-se é libertar-se!
Por Aline Xavier

Esta entrada foi publicada em Artigos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *