Estações| Outono

“Enquanto durar a terra, haverá plantio e colheita, frio e calor, verão e inverno, dia e noite” (Gn 8:22 – NVT)

Na natureza, as estações demonstram o equilíbrio; mas, no que diz respeito às nossas vidas, elas apontam para o tempo de Deus e o seu processo de transformação e restauração da nossa jornada espiritual. As estações seguem um ciclo anual de aproximadamente três meses, cada; e isso acontece graças ao movimento de translação que a terra faz ao longo dos 365 dias do ano. Mas, quando o assunto é jornada espiritual; as transições são mais diversas porque elas atendem ao tempo e ao agir de Deus.

As mudanças são as formas que Deus encontrou de promover um equilíbrio. Ninguém aguentaria um ano inteiro de calor ou de frio. Ninguém suportaria um inverno tão tenebroso e longo; assim como não aguentaria um verão intenso e sem fim. É necessário que existam intervalos (primavera e verão) para trazer alento, descanso e equilíbrio.

Seja qual for a estação que estamos passando, precisamos confiar no nosso Poder Superior Jesus, pois seu poder é maior que a força dos ventos, sua presença traz beleza para a vida, o espírito aquece nossa alma e sua palavra trás luz para nosso caminhar.

Nosso Poder Superior Jesus é capaz de fazer inverno se tornar verão; nem todo fruto é para ser colhido na sua estação, têm flores que não nascem na primavera; é como a chuva no verão.

Verão, disparo.

Tempo de calor; onde os dias são mais claros e longos; onde as noites são mais curtas dando a possibilidade de recomeçar com mais rapidez.

Às vezes vivemos fases bem parecidas com o verão; onde o sol brilha mais forte, nos fazendo acreditar numa prosperidade, que ansiamos, seja eterna.

Tudo aquilo que foi planejado e esperado na primavera ganha um brilho novo; a visão é ampliada; os sonhos aquecidos e a força nos ajuda a resistir aos impactos dos fortes ventos da dor e do sofrimento.

Verão é tempo de…

  • Ousadia e passos decisivos;
  • Atitudes realistas;
  • Força e frutificação;
  • Estar do lado de fora;
  • Ir à luta;
  • Finalmente, conquistar a vitória;
  • Vida e luz;
  • Alegria, calor humano, beleza…
  • Almas aquecidas pelo sol;
  • Renovação de promessas;
  • Chuvas ocasionais para refrescar;
  • Força de vontade;
  • Pura alegria e leveza;
  • Lazer, férias, praia, viagens, diversão…

É a época em há mais luz; até aparecem chuvas, mas são passageiras e fazer muito mais bem do que mal. Trata-se de um tempo de frutificação; onde temos os amigos ao lado, onde as coisas vão bem. Dias são mais longos que a noite.

Trata-se também de um tempo onde podemos pegar mais leve no exercício da autoanálise, da autodescoberta e da vigilância. Importante lembra que os tempos de bonança não podem gerar em nós o descuido com nossa jornada de restauração.

Outro ponto que pode abalar um pouco o verão é o medo e a ansiedade da próxima estação; medo da mudança. A hipervigilância e o temor ao amanhã acabam nos impedindo de apreciar o tempo de alegria dessa estação.

“Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois amanhã trará sua próprias inquietações. Bastam para hoje os problemas deste dia.”
(Mt 6:34 – NVT)

Que nós possamos apreciar o sol e o lazer, recarregar as baterias sem, no entanto gastá-las com algo que ainda não aconteceu; que aprendamos a poupar as energias para o momento certo!

Em qual estação você está?

Está preparado para o OUTONO?

O Segredo está na próxima!

Esta entrada foi publicada em Noticias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *