REPARAÇÃO – DAR E PEDIR PERDÃO | POR SÍRIA GIOVENARDI

O tempo, a umidade, o mofo, o cupim, incêndios, exposição excessiva à luz do sol, descaso, acidentes, são fatores que podem danificar seriamente uma obra de arte valiosa. Se isto acontecer, para que continue a ser apreciada, ela terá que ser restaurada, “repararada”.

E certamente, por mais que a restauração seja bem feita, o aspecto original nunca será 100% recuperado; a tonalidade da tinta não ficará exatamente como o pintor imaginou e aplicou sobre a tela, um dia.  Às vezes, as marcas de um reparo se tornam, até sinais de amor, como a costura grossa feita à mão pela sua mãe para reparar seu ursinho de pelúcia predileto.  O fato é que num mundo falho, habitado por pessoas falhas, coisas quebram, relacionamentos quebram, confianças quebram, sonhos quebram… e quebram… e quebram.  Eu já fui vítima, e você também.  E aí?  Fazer o quê?  Chorar o leite derramado?  Cauterizar nossos corações?  Esconder nossas dores?  Defender nossos interesses? 

Está na hora de assumirmos uma nova postura, um novo andar.  Está na hora de sermos agentes de “REPARAÇÃO”, onde antes fomos agentes de destruição.  Está na hora de perdoar e pedir perdão, de assumir e não fugir, de fazer o possível em vez de lamentar o impossível.  Hoje queremos aprender sobre “REPARAÇÃO” a partir do Passo 8 que diz:

FIZEMOS UMA RELAÇÃO DE TODAS AS PESSOAS A QUEM PREJUDICAMOS E DISPUSEMO-NOS A FAZER REPARAÇÕES A TODAS ELAS.

Você tem coragem de voltar no tempo e assumir os seus erros?  Você diz, “Mas já está enterrado, por que levantar de novo?”  Se está enterrado, porque ainda fede?  Não. Não foi enterrado, com a devida cerimônia e condições corretas, só foi abandonado pelos caminhos da vida para continuar fedendo e atrapalhando sua caminhada.  Volte lá, e dê um enterro digno.

PARA PENSAR …

Fazer reparações é o princípio do fim de seu isolamento de Deus e dos outros. Você precisa novamente enfrentar suas mágoas, os ressentimentos e as ofensas causadas por outras pessoas ou que você mesmo causou aos outros.
Guardar seus ressentimentos não só bloqueia sua recuperação, como também o perdão de Deus para sua vida.

Por Síria Giovenardi

Publicado em Artigos | Deixe um comentário

PASSO 10 – CONTINUAMOS A FAZER O INVENTÁRIO PESSOAL E, QUANDO ESTÁVAMOS ERRADOS, NÓS O ADMITÍAMOS PRONTAMENTE.

A verdadeira restauração nos faz desejar crescer diariamente em nosso relacionamento com nosso Poder Superior Jesus Cristo.

Quantas vezes você se olha no espelho durante o dia? E ao se olhar, percebendo que seu rosto está sujo, não o limpa imediatamente? Da mesma forma, precisamos constantemente nos olhar no nosso “espelho espiritual”: a Palavra de Deus, a Bíblia. Então, se houver algo de errado, podemos logo corrigir.

O profeta Tiago usa uma ilustração semelhante para nos mostrar que Deus deve ser como um espelho espiritual na nossa vida, quando diz:

Não se enganem; não sejam apenas ouvintes dessa mensagem, mas a ponham em prática. Porque aquele que ouve a mensagem e não a põe em prática é como uma pessoa que olha no espelho e se vê como é. Dá uma olhada, depois vai embora e logo esquece da sua aparência. O evangelho é a lei perfeita que dá liberdade às pessoas. Se alguém examina bem esta lei e não a esquece, mas a põe em prática, Deus vai abençoar tudo o que essa pessoa fizer.” Tiago 1:22-25

Então, é sábio fazer regularmente um inventário pessoal, para não deixarmos que nossas falhas se acumulem, comprometendo a restauração já conquistada. Assim, como seria uma tolice passar o dia sabendo que nosso rosto está sujo, não é lógico saber que temos um problema que pode nos levar a uma recaída, e não corrigi-lo imediatamente, confessando a Deus e fazendo as devidas reparações.

Até, podemos nos sentir envergonhados pelas vezes que tivemos que corrigir os mesmos erros que, obstinadamente, se negam a desaparecer. Mas, “se dissermos que não temos pecados, estamos nos enganando, e não há verdade em nós. Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus , Ele cumprirá a Sua promessa e nos limpará de toda a maldade.” 1 João 1:8-10

Cada vez que confessamos um pecado, o Senhor o limpa. A nossa vida é como uma lousa da qual se apagou tudo o que estava escrito nela. Os nossos pecados não ficam gravados em nenhum tipo de “lista celestial”.

Mesmo que cometamos os mesmos erros sempre de novo, Deus continua nos perdoando se estivermos verdadeiramente arrependidos.

Alguns aspectos de nossa vida necessitam mais limpeza do que outros. E Deus não se zanga quando retornamos a Ele reiterada vezes. Não é necessário que nos sintamos incomodados. Deus quer que nos aproximemos dEle cada vez que pequemos.

Fonte: Bíblia de Estudo Despertar

Algumas perguntas para seu Inventário Diário

  • Submeti minha vida hoje ao meu Poder Superior Jesus, buscando fazer a sua vontade, confiando que Ele é um Deus amoroso e cuidadoso?
  •  Quais os sentimentos que tive hoje?
  • Como demonstrei meu amor pelas outras pessoas?
  •  Houve algum conflito em meus  relacionamentos hoje? Quais? Qual foi a minha parcela? Devo reparações a alguém?
  •  Agi de maneira desagradável com alguém? Fui ressentido, egoísta, desonesto, medroso?
  •  Como estava a minha serenidade? Alguma coisa aconteceu para que a perdesse?
  •  Percebi alguns “velhos padrões” em minha vida hoje? Quais? Em que preciso mudar?
  •  Estou me preocupando com o ontem ou o amanhã?
  •  O que fiz hoje que não gostaria de ter feito?
  •  Fui bom para mim hoje? Fiquei limpo? Estou levando a vida com leveza?
  • Pelo que posso ser grato hoje

SÓ POR HOJE … eu estarei atento para as mudanças que ainda preciso fazer em minha vida para continuar crescendo.

Publicado em Noticias | Deixe um comentário

Estações| Outono

“Enquanto durar a terra, haverá plantio e colheita, frio e calor, verão e inverno, dia e noite” (Gn 8:22 – NVT)

Na natureza, as estações demonstram o equilíbrio; mas, no que diz respeito às nossas vidas, elas apontam para o tempo de Deus e o seu processo de transformação e restauração da nossa jornada espiritual. As estações seguem um ciclo anual de aproximadamente três meses, cada; e isso acontece graças ao movimento de translação que a terra faz ao longo dos 365 dias do ano. Mas, quando o assunto é jornada espiritual; as transições são mais diversas porque elas atendem ao tempo e ao agir de Deus.

As mudanças são as formas que Deus encontrou de promover um equilíbrio. Ninguém aguentaria um ano inteiro de calor ou de frio. Ninguém suportaria um inverno tão tenebroso e longo; assim como não aguentaria um verão intenso e sem fim. É necessário que existam intervalos (primavera e verão) para trazer alento, descanso e equilíbrio.

Seja qual for a estação que estamos passando, precisamos confiar no nosso Poder Superior Jesus, pois seu poder é maior que a força dos ventos, sua presença traz beleza para a vida, o espírito aquece nossa alma e sua palavra trás luz para nosso caminhar.

Nosso Poder Superior Jesus é capaz de fazer inverno se tornar verão; nem todo fruto é para ser colhido na sua estação, têm flores que não nascem na primavera; é como a chuva no verão.

Verão, disparo.

Tempo de calor; onde os dias são mais claros e longos; onde as noites são mais curtas dando a possibilidade de recomeçar com mais rapidez.

Às vezes vivemos fases bem parecidas com o verão; onde o sol brilha mais forte, nos fazendo acreditar numa prosperidade, que ansiamos, seja eterna.

Tudo aquilo que foi planejado e esperado na primavera ganha um brilho novo; a visão é ampliada; os sonhos aquecidos e a força nos ajuda a resistir aos impactos dos fortes ventos da dor e do sofrimento.

Verão é tempo de…

  • Ousadia e passos decisivos;
  • Atitudes realistas;
  • Força e frutificação;
  • Estar do lado de fora;
  • Ir à luta;
  • Finalmente, conquistar a vitória;
  • Vida e luz;
  • Alegria, calor humano, beleza…
  • Almas aquecidas pelo sol;
  • Renovação de promessas;
  • Chuvas ocasionais para refrescar;
  • Força de vontade;
  • Pura alegria e leveza;
  • Lazer, férias, praia, viagens, diversão…

É a época em há mais luz; até aparecem chuvas, mas são passageiras e fazer muito mais bem do que mal. Trata-se de um tempo de frutificação; onde temos os amigos ao lado, onde as coisas vão bem. Dias são mais longos que a noite.

Trata-se também de um tempo onde podemos pegar mais leve no exercício da autoanálise, da autodescoberta e da vigilância. Importante lembra que os tempos de bonança não podem gerar em nós o descuido com nossa jornada de restauração.

Outro ponto que pode abalar um pouco o verão é o medo e a ansiedade da próxima estação; medo da mudança. A hipervigilância e o temor ao amanhã acabam nos impedindo de apreciar o tempo de alegria dessa estação.

“Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois amanhã trará sua próprias inquietações. Bastam para hoje os problemas deste dia.”
(Mt 6:34 – NVT)

Que nós possamos apreciar o sol e o lazer, recarregar as baterias sem, no entanto gastá-las com algo que ainda não aconteceu; que aprendamos a poupar as energias para o momento certo!

Em qual estação você está?

Está preparado para o OUTONO?

O Segredo está na próxima!

Publicado em Noticias | Deixe um comentário

PALESTRA AS QUATRO ESTAÇÕES |VERÃO

“Enquanto durar a terra, haverá plantio e colheita, frio e calor, verão e inverno, dia e noite” (Gn 8:22 – NVT)

Na natureza, as estações demonstram o equilíbrio; mas, no que diz respeito às nossas vidas, elas apontam para o tempo de Deus e o seu processo de transformação e restauração da nossa jornada espiritual. As estações seguem um ciclo anual de aproximadamente três meses, cada; e isso acontece graças ao movimento de translação que a terra faz ao longo dos 365 dias do ano. Mas, quando o assunto é jornada espiritual; as transições são mais diversas porque elas atendem ao tempo e ao agir de Deus.

As mudanças são as formas que Deus encontrou de promover um equilíbrio. Ninguém aguentaria um ano inteiro de calor ou de frio. Ninguém suportaria um inverno tão tenebroso e longo; assim como não aguentaria um verão intenso e sem fim. É necessário que existam intervalos (primavera e verão) para trazer alento, descanso e equilíbrio.

Seja qual for a estação que estamos passando, precisamos confiar no nosso Poder Superior Jesus, pois seu poder é maior que a força dos ventos, sua presença traz beleza para a vida, o espírito aquece nossa alma e sua palavra trás luz para nosso caminhar.

Nosso Poder Superior Jesus é capaz de fazer inverno se tornar verão; nem todo fruto é para ser colhido na sua estação, têm flores que não nascem na primavera; é como a chuva no verão.

Verão, disparo.
Tempo de calor; onde os dias são mais claros e longos; onde as noites são mais curtas dando a possibilidade de recomeçar com mais rapidez.
Às vezes vivemos fases bem parecidas com o verão; onde o sol brilha mais forte, nos fazendo acreditar numa prosperidade, que ansiamos, seja eterna.
Tudo aquilo que foi planejado e esperado na primavera ganha um brilho novo; a visão é ampliada; os sonhos aquecidos e a força nos ajuda a resistir aos impactos dos fortes ventos da dor e do sofrimento.

Verão é tempo de…
 Ousadia e passos decisivos;
 Atitudes realistas;
 Força e frutificação;
 Estar do lado de fora;
 Ir à luta;
 Finalmente, conquistar a vitória;
 Vida e luz;
 Alegria, calor humano, beleza…
 Almas aquecidas pelo sol;
 Renovação de promessas;
 Chuvas ocasionais para refrescar;
 Força de vontade;
 Pura alegria e leveza;
 Lazer, férias, praia, viagens, diversão…

É a época em há mais luz; até aparecem chuvas, mas são passageiras e fazer muito mais bem do que mal. Trata-se de um tempo de frutificação; onde temos os amigos ao lado, onde as coisas vão bem. Dias são mais longos que a noite.

Trata-se também de um tempo onde podemos pegar mais leve no exercício da autoanálise, da autodescoberta e da vigilância. Importante lembra que os tempos de bonança não podem gerar em nós o descuido com nossa jornada de restauração.
Outro ponto que pode abalar um pouco o verão é o medo e a ansiedade da próxima estação; medo da mudança. A hipervigilância e o temor ao amanhã acabam nos impedindo de apreciar o tempo de alegria dessa estação.

“Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois amanhã trará suas próprias inquietações. Bastam para hoje os problemas deste dia.” (Mt 6:34 – NVT)

Que nós possamos apreciar o sol e o lazer, recarregar as baterias sem, no entanto, gastá-las com algo que ainda não aconteceu; que aprendamos a poupar as energias para o momento certo! Em qual estação você está?
Está preparado para o OUTONO?

O Segredo está na próxima!

Publicado em Noticias | Deixe um comentário

PALESTRA AS QUATRO ESTAÇÕES| PRIMAVERA

“Enquanto durar a terra, haverá plantio e colheita, frio e calor, verão e inverno, dia e noite” (Gn 8:22 – NVT)

Na natureza, as estações demonstram o equilíbrio; mas, no que diz respeito às nossas vidas, elas apontam para o tempo de Deus e o seu processo de transformação e restauração da nossa jornada espiritual. As estações seguem um ciclo anual de aproximadamente três meses, cada; e isso acontece graças ao movimento de translação que a terra faz ao longo dos 365 dias do ano. Mas, quando o assunto é jornada espiritual; as transições são mais diversas porque elas atendem ao tempo e ao agir de Deus.

As mudanças são as formas que Deus encontrou de promover um equilíbrio. Ninguém aguentaria um ano inteiro de calor ou de frio. Ninguém suportaria um inverno tão tenebroso e longo; assim como não aguentaria um verão intenso e sem fim. É necessário que existam intervalos (primavera e verão) para trazer alento, descanso e equilíbrio.

Seja qual for a estação que estamos passando, precisamos confiar no nosso Poder Superior Jesus, pois seu poder é maior que a força dos ventos, sua presença traz beleza para a vida, o espírito aquece nossa alma e sua palavra trás luz para nosso caminhar.

Nosso Poder Superior Jesus é capaz de fazer inverno se tornar verão; nem todo fruto é para ser colhido na sua estação, têm flores que não nascem na primavera; é como a chuva no verão.

Primavera, preparo.
O termo primavera significa “princípio de boa estação”.
 A temperatura nem é alta, nem é baixa
 É a época em que os animais se reproduzem e fazem seus ninhos.
 Estação das flores
 Traduz sentimento de esperança
 O que parecia morto rejuvenesce

Em nossa existência, trata-se do tempo de florescer, dar frutos, de glória, de força, de juventude, de cantar, saltitar, de alegria e de gozo.
“Meu amado me disse: „levante-se, minha querida! Venha comigo, minha bela! Veja, o inverno acabou e as chuvas passaram, as flores estão brotando; chegou a época das canções, e o arrulhar das pombas enche o ar. As figueiras começam a dar frutos, e as videiras perfumadas florescem. Levante-se, minha querida! Venha comigo, minha bela!” (Ct 2:10-13 – NVT)

Primavera é tempo de:
 Sair das prisões interiores e da clausura;
 Ver as cores da vida;
 Fazer planos;
 Amar e viver;
 Sorrir facilmente, de ser contaminado com a energia da alegria;
 Ser espontâneo;
 Renovar os ânimos;
 Harmonia e esperança;
 Ganhar foco e sentido;
 Bênçãos, prosperidade e encher o coração de fé;
 Crescer e avançar;
 Deus nos dá descanso, paz, graça e brilho nos olhos;
 Menos prova;
 Colher os frutos do inverno;
 Conhecer a vitória sobre as adversidades da vida;
 Olharmos para trás e para as outras estações e nos alegrarmos pelos frutos.

Ao se aproximar o VERÃO, estamos revitalizados e prontos para o “DISPARO”.
É uma estação boa, mas, precisamos, ter o cuidado de não nos esquecermos de Deus e das pessoas que estiveram ao nosso lado, nos auxiliando, em nossa jornada até aqui.

Enquanto a PRIMAVERA acontecer, aproveitemos o máximo possível a vitória, que nós possamos sair, nos divertir, sermos testemunhos da vitória sobre o inverno; assim, poderemos ajudar outras pessoas em suas jornadas pessoais.
Em qual estação você está? Está preparado para o VERÃO?

Por Gleici Nobre

Publicado em Noticias | Deixe um comentário

UM NOVO ANO

Nesta época do ano, é costume receber e desejar votos de feliz ano novo.

Às vezes, explicamos o que é um feliz ano novo, acrescentando: próspero, cheio de saúde, paz, alegria, realizações.

Mas, como que esses desejos se tornam realidade? É só buscar que a gente encontra?

Ou temos que conquistar, alcançar, fazer acontecer na marra? Depende de nós? Depende do nosso esforço?

Ou alguém vai nos dar porque merecemos e os outros tem a obrigação de nos fazer felizes?

E o que fazer com as frustrações, fracassos, decepções, derrotas, erros, perdas, frustrações, os quais com certeza irão acontecer neste “feliz ano novo”?

A verdade é que um feliz ano novo só teremos em Nosso Poder Superior Jesus Cristo. Ele é o provedor de todas as coisas. Ele é a nossa fonte de segurança, serenidade e contentamento, até mesmo quando as circunstâncias forem ruins.

É Ele que promove a restauração de nossos traumas, vícios e maus hábitos.

Uma vida plena, abundante, que satisfaz só teremos, se confiarmos e obedecermos ao Seu plano para nossa vida.

Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim

Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dará muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma. João 15:4-5

Nesta perspectiva, podemos, então, dizer Feliz Ano Novo!

CONVITE PARA A SÉRIE DE PALESTRAS

Esta palestra faz parte da programação de Janeiro do Celebrando Restauração, um programa de apoio para pessoas que desejam superar seus traumas, vícios e maus hábitos.

Publicado em Noticias | Deixe um comentário

3.2.1

Gosto muito da sensação de fim de ano! Agrada-me pensar que fechamos um ciclo para começar outro. Então, este último dia do ano é de faxina! Dia de olhar para o que não nos serviu neste ano e nos livrar disso: sejam roupas que você não usa ou sentimentos ruins que você não deve guardar. É tempo de perdoar a quem o feriou ou decepcionou. É o momento de limpar o coração da mágoa, da tristeza e da desesperança e olhar para Cristo Jesus, recebendo dele a esperança para seguir adiante com fé e determinação. É hora de avaliar o que deu errado e mudar, mas também celebrar e agradecer pelo cuidado, providência e graça que Deus dá simplesmente por nos amar. Então, expresse sua gratidão ao Senhor, pois quero ano tenha sido ótimo ou não, a presença amorosa e encorajadora de Deus foi e é uma realidade.

Também é tempo de ensinar novos passos, de levantar-se, firmar os pés e seguir adiante. É o momento de fazer como o firmar de Eclesiastes aconselha: viver e usufruir do presente enquanto o temos, antes que seja tarde! Portanto, chega de paralisia, chega de autocomiseração, chega de letargia, chega de reclamação. É hora de ousar, de clamar a Jesus por misericórdia, de estender a mão para ele e receber a cura, de chorar aos seus pés em agradecimento e amor, de celebrar sua presença e sua fidelidade, de voltar para ele se esteve longe.

Neste dia, último do ano, aproveite a ocasião para estabelecer novos caminhos, novas atitudes, novas decisões de buscar a Deus, de seguir a Cristo, de permitir que o Espirito Santo impulsione a vida rumo à renovação. Por isso, nesses momentos finais deste ano velho e quase acabado, celebre e receba o novo. Aceite a orientação e o cuidado de Deus para que você viva em comunhão com ele todos os dias. E… feliz ano novo! – WMJ

Quando andamos com o Senhor, o passado ensina e o futuro atrai. Acerte sua vida com Jesus hoje!

Presente Diário, V 22, 2019

Publicado em Noticias | Deixe um comentário

VIVENDO COM SOBRIEDADE AS FESTAS DE FIM DE ANO

O QUE É SOBRIEDADE?

1.    Sobriedade é muito mais que abstinência.

2.    Sobriedade é uma característica da pessoa que conhece a si mesma e suas limitações.

3.    Sobriedade é possuir autodomínio e saber controlar suas emoções e sentimentos.

4. Sobriedade é a capacidade de se afastar das coisas ou pessoas que fazem mal.

5. Sobriedade é dizer sim ao amor.

6. Sobriedade é tomar decisões baseadas na verdade e não reagir ao momento.

7. Sobriedade é um estilo de vida, onde escolho fazer a vontade de Deus.

POR QUE TER CUIDADO DURANTE AS FESTAS?
1.    Oferecem a oportunidade de voltar aos maus hábitos e vícios

2.    Desejamos ser aceitos e amados pelos outros, que descuidamos da nossa restauração.

O QUE NÃO FAZER?

1. Abrir uma exceção

2. Ter medo de assumir sua fragilidade diante dos outros

3. Achar que é forte e já faz tanto tempo que está limpo… cuidado com a negação!

O QUE FAZER?

1. Planejar intencionalmente o que fazer – não deixar ao acaso.

2. Ficar em contato com sua rede de apoio: reuniões do grupo de autoajuda, psicoterapeuta, padrinho, parceiro de prestação de contas, amigos, reuniões do CR e da igreja.

3. Viver intensamente os passos 10, 11 e 12 – inventário diário, devocional (leitura da Bíblia e oração), servir a outras pessoas.

Por Síria Giovenardi

Publicado em Noticias | Deixe um comentário

COMO REAJO QUANDO SOU ALERTADA A EVITAR O SOFRIMENTO|Por Roberta Wadner

“Agora, porém”, declara o Senhor, “voltem-se para mim de todo o coração, com jejum, lamento e pronto. ” Rasguem o coração, e não as vestes. Voltem-se para o Senhor, para o seu Deus, pois ele é misericordioso e compassivo, muito paciente e cheio de amor; arrepende-se, e não envia a desgraça.  Joel 2: 12-13

No livro de Joel o profeta vem alertar o povo a evitar o sofrimento. Ao ler esses alertas me deparei com a minha vida. E fiquei pensando como reajo quando sou alertada a evitar o sofrimento:

  • Busco a humildade em reconhecer o meu quadro atual vendo onde estou errando e o que posso agir em novidade de vida para evitar ou passar de maneira em que aprenda com esses momentos, sabendo que posso recorrer a Deus em oração é que Ele estará nessa caminhada difícil ao meu lado.
  • Reajo com atrevimento, amargura, isolamento, culpo a Deus e a todos e vou buscar ajuda onde não serei confrontado a mudar de vida e continuar no erro o qual não quero admitir e nem me arrepender.
  • Confesso que nessa minha caminhada já experimentei das duas reações e hoje prefiro rasgar meu coração e não só as minhas vestes e me arrepender lançando-me nos braços do Eterno o qual caminha comigo em dias de lutas e dias de Glória.

Oração

Senhor,
Tantas lutas, tantos arrependimentos
Erros, acertos e afastamentos
Reconheço  que sofri
Por falta de entendimento e por atrevimento
Permiti ser direcionada
Pelos meus pensamentos
De rejeição, mágoas
Coo dependências, autossuficiência
Baixa estima e ressentimentos
Hoje quero novidade de vida
Mesmo entendendo
Que a Restauração é
Para toda a vida
É que traz amadurecimento
Continue me dando
Serenidade e discernimento
Para aceitar o que não posso mudar
E coragem para mudar
Aquilo que estiver
Ao meu alcance em cada momento
Buscando Paz
Mesmo no sofrimento
E o mais importante
Que o Senhor Jesus
Meu Poder Superior
Esteja comigo
Em todos esses momentos.

Por Roberta Wadner

Publicado em Noticias | 2 Comentários

REFLETINDO SOBRE AS CAUSAS PELAS QUAIS ESTANCAMOS EM NOSSO PROCESSO DE RESTAURAÇÃO

Alguns de vocês podem estar recém começando sua caminhada de restauração. Outros já se encontram a meio caminho. Já outros podem ter completado a caminhada dos 12 Passos. E outros, estejam começando um novo ciclo para aprofundar ainda mais algumas questões.

Não importa em que ponto estejamos, qualquer um de nós está sujeito a estancar na caminhada. Existem sete razões para isto acontecer:

1.Não trabalhar os passos de forma completa e correta
Que o espírito, que nos deu vida, controle também nossa vida. Gálatas 5:25

Passar rápido demais pelos passos, sem aprofundar a reflexão sobre as causas das suas lutas. Seguir em frente nem sempre é progresso, pode ser a negação ainda pegando no seu calcanhar.

2. Não entregar completamente a vida e a vontade ao Senhor
Não basta apenas entregar nossa vida a Nosso Poder Superior Jesus Cristo, precisamos também fazer a Sua vontade e não a nossa. Você pode estar tentando encontrar um caminho mais fácil do que o “estreito caminho” de Deus.

Confie no Senhor de todo o coração e não se apoie na sua própria inteligência. Lembre-se de Deus em tudo o que fizer, e Ele lhe mostrarão caminho certo. Provérbios 3:5-6

3. Não aceitar plenamente o perdão de Deus 
Você pode ter perdoado os outros, mas considerar o seu pecado grande demais para ser perdoado. Não se perdoar é não aceitar totalmente o perdão de Deus. E é nesse ponto que a maioria das pessoas estanca no seu processo de restauração.

Pois pela morte de Cristo na Cruz, somos libertados, isto é, os nossos pecados são perdoados. Como é maravilhosa a graça de Deus. Efésios 1:7

4. Ter medo de fazer as mudanças necessárias
Algumas pessoas evitam ou adiam as mudanças necessárias o mais que podem por medo de fracassar, de rejeição, etc.

Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; eu o segurarei com minha mão vitoriosa.
Isaías 41:10

5. Não fazer reparações
É preciso deixar para trás não só as mágoas e ressentimentos pelas ofensas recebidas, mas também, a vergonha, culpa e remorso das ofensas que praticamos contra os outros perdoando as pessoas que nos ofenderam e não pedir perdão pelas nossas ofensas.

E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus nos chamou à sua eterna glória, depois de havemos padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoe, confirme, fortifique e estabeleça. 1 Pedro 5:10

6. Não assumir a responsabilidade pelos erros cometidos
Continuar colocando a culpa dos seus erros nas outras pessoas.

Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações. Vê se em minha conduta algo que te ofende, e dirige-me pelo caminho eterno. Salmos 139:23,24

7. Não desenvolver uma rede de apoio eficiente
Andar só, sem padrinho e parceiro de prestação de contas, sem frequentar um grupo de apoio, sem fazer inventário diário, sem praticar o passo 11, etc.

Quem anda com os sábios será sábio, mas quem anda com os tolos acabará mal. Provérbios 13:20


Por Síria Giovenardi

Publicado em Noticias | Deixe um comentário

TODOS OS MEMBROS SE NECESSITAM| Por Roberta Wadner

O corpo humano é composto por 27 componentes (oxigênio, carbono, nitrogênio, dentre outros) constituído por células, tecidos e músculos e por membros que são divididos por 4 partes do corpo: cabeça, tronco, membros superiores e inferiores.

Nessa formação podemos ver:
A Unidade do Corpo
A Diversidade do Corpo
A Mutualidade do Corpo

Olhando pra tudo isso, me vem à mente o relacionamento do ser humano como Corpo.
Porque não praticamos essa sinergia da funcionalidade do corpo.
Temos a facilidade de inutilizar, arrancar e excluir pessoas como se elas não fariam falta na minha caminhada.

Sabemos que tem algumas partes do corpo que deixam de funcionar e para não danificar o resto do corpo são retiradas. E essa mutilação se dá por escolha delas e não nossa.
Nesse momento devemos permitir uma parte do corpo ir, não porque eu decidi não fazer mais parte, mas porque ela não quis mais funcionar comigo.
Nossa missão é  permitir que “todo corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntas, cresça  e edifique a si mesmo, na medida em que cada um cumpra a sua função” (Efésios 4:11-16).

Tem um remédio milagroso para que todo o corpo trabalhe bem em suas funções e não deixe de funcionar ao ponto de precisar ser arrancado e que também ninguém o arranque, ele chama AMOR ( I Coríntios 13:13).

O que parou de funcionar em seu corpo e que está impedindo o funcionamento dele como um todo, que você precise cuidar pra que ele não seja removido?
Quem na sua vida não se relaciona mais com você porque não tem mais cultivado esse relacionamento?
Vamos cuidar do nosso corpo físico como nosso corpo relacional.

Por Roberta Wadner

Publicado em Noticias | Deixe um comentário

ENCONTRE-SE E LIBERTE-SE!| Por Aline Xavier

Quantas vezes você de sacrificou para obter a atenção de alguém?

Quanto dinheiro você desperdiçou comprando roupas, sapatos, acessórios, celular caros, acima da sua condição financeira, só para não ficar por baixo e se sentir dentro do padrão dos seus “amigos” bem-sucedidos.

Quantas vezes você se endividou, entrou no cheque especial, estou os limites dos cartões de crédito, para frequentar restaurantes caros, boates, shows, micaretas, só para estar em evidência e rodeado de pessoas bonitas, importantes e que elevavam seu “status” a potência máxima, com fotos tratadas com os melhores filtros do seu “Iphone”, exalando ostentação, para chamar a atenção dos seus seguidores, que ao acessarem sua “timeline” curtam e comentem a vida “life style”. Embora, eles não tenham ideia do martírio que você passa além da tela.

Sem falar nas noites em claro que você passou ou ainda passa, questionando, procurando explicação para todas essas atitudes vazias que você toma, e que não resultam em nada além de dor e muito sofrimento.

No entanto, mesmo chorando, com dores no corpo, na alma, cabeça a mil por hora, no dia seguinte você mal acorda, já acessa as suas redes sociais e se contamina novamente com postagens ilusórias, que estimulam às comparações e consequentemente às frustrações, caso você não consiga alcançar aquele padrão, fazer aquela viagem, ter um relacionamento daquele, e por aí vai…

Tudo isso é tóxico, alimenta sentimentos ruins, negativos, malditos, que causam dores profundas, julgamento, sentimento de inferioridade, despertando a sensação de vazio da existência.

No final das contas, para que tudo isso?

Para ser aceito?

Aceito como, se você mesmo não se aceita, não se conhece?!

À medida que, você compreende que o princípio é amar a si mesmo, antes de amar ao próximo, entende que não há nada que você faça ou adquira materialmente, fará com que você seja valorizado na íntegra, ao ponto de que, na ausência do material, você permaneça admirado e respeitado pelas pessoas, pelo que você é, simplesmente!

Conhecer a si mesmo permite que você descubra suas qualidades, capacidades, bem como os pontos que você precisa melhorar, causando-lhe bem-estar.

Para tanto é preciso se esforçar, para entender a si mesmo em todos os aspectos.

A partir dessa premissa, você assume o controle das suas emoções e passa a viver com mais leveza, com verdade, simplicidade, clareza, não se apegando à aparência, ao palpável, literal, soberbo, como alguém sem rumo, direcionado pelo vento e rumo ao precipício do seu devaneio.

É benéfico também conhecer os medos, angústias, para combatê-los e controla-los em situações adversas.

A humanidade, no geral, está doente e quem quiser alcançar a sanidade, tem que aprender a viver um dia de cada vez, de forma que você não fica apático diante das feridas e cicatrizes da existência humana. Recuperando-se e seguindo adiante, conforme o seu tempo, sem julgamentos, criando novas formas de vida e de estar no mundo com um propósito.

O caminho para a liberdade é o amor próprio. Encontra-se é libertar-se!
Por Aline Xavier

Publicado em Artigos | Deixe um comentário